Eu nasci para ficar sozinha

Não me lembro de ter visto alguém falar isso diretamente para mim, se abrindo, confessando algo que ela sente por dentro. A maioria das pessoas que eu conheço estão enroladas, casadas, enamoradas, ou já são separadas e à procura. Mas nunca tinha parado para pensar nisso até o final do ano passado. As crises existenciais que chegam com o final do ano e toda aquela pataquada hipócrita de Feliz Natal e Feliz Ano Novo regurgitadas, algo me bateu com violência.

Continuar lendo