Sobrenome do marido pode?

Tive recentemente uma discussão com uma amiga sobre essa questão. Adotar o sobrenome do marido quando se casasse. Feministas podem fazer isso, ela me perguntou? E eu disse que sim, claro! Eu não via problema. Mas a gente deve sim pensar sobre o assunto e decidir se quer ou não acrescentar o sobrenome. O que não devemos é aceitar que a vida é assim e pronto, acabou-se. Existe um motivo para as mulheres terem, por tanto tempo, adotado o sobrenome da família do marido. Continuar lendo

10 mulheres revolucionárias que você provavelmente não conhece

Todo mundo conhece os grandes revolucionários da história, como Che Guevara, mas a contribuição de mulheres em revoluções costuma ser sempre diminuída, quando não totalmente apagada. Certamente, muitas mulheres lutaram e morreram por um mundo melhor e também existem aquelas que foram protagonistas em vários movimentos. Algumas pegaram em armas, outras usaram a força das palavras, mas todas lutaram por algo em que acreditavam. Continuar lendo

Meu corpo é meu, mas a sociedade acha que não

Hoje vi umas imagens chocantes do espancamento sofrido pela atriz pornô Christy Mack por seu namorado, o lutador de MMA Jonathan Koppenhaver, conhecido pelo apelido de War Machine. Segundo ela, o lutador a encontrou junto com uma outra pessoa, totalmente vestidos e, sem falar nada, começou a bater em seu amigo para, depois, agredi-la. Christy diz que não sabe quantas vezes foi agredida e conta sobre suas fraturas, incluindo alguns dentes quebrados e fratura na costela. Também conta sobre como ele a esfaqueou em algumas partes do corpo, como as mãos, e que teve seu cabelo cortado. Afirma que War Machine a ameaçou de estupro, antes que conseguisse fugir por um gramado atrás de sua casa, nua, até que conseguisse que um vizinho a levasse para um hospital. Por fim, como o lutador está foragido, ela conta que há um recompensa de 10 mil dólares, segundo a polícia, para quem o encontrar. Continuar lendo